terça-feira, 10 de junho de 2014

TOP 5 GOSTOSAS de filmes de TERROR

5 – Cherry (“Planeta Terror”, 2007)


Stripper, teve sua perna amputada em um ataque de zumbis. No lugar do membro perdido, colocou uma metralhadora com um lança granadas embutido. E ficou mais perfeita do que nunca!


4 – Santanico Pandemonium (“Um Drink no Inferno”, 1996)


Outra dançarina em nossas fileiras, desta vez de uma boate mexicana dentro de um templo asteca. Linda, corpo escultural, tem uma cobra e faz uma performance envolvendo bebida que… Bom, basta dizer que eu casaria com uma mulher que fizesse isso comigo!



3 – Melinda Clarke (“A Volta dos Mortos-vivos 3″, 1993)


Musa do diretor Jess Franco, estrelou diversos filmes dele e é uma atriz de renome no México. Tem um que de inocência, mas na hora em que o bicho pega, vai fazer você sair gritando pela sua mãe!


2 – Vampira (“Plan 9 From the Outer Space”, 1959) e Elvira (“Elvira, a Rainha das Trevas”, 1988)


O pior filme de todos os tempos não poderia ter uma musa menor que a sensacional Vampira, que tinha um programa de TV em que apresentava os grandes clássicos do horror para fãs ávidos. De longe, a cintura mais sinistra do terror!


Em uma época sem internet e em que seus pais não deixavam vocês assistir a Band de sexta-feira à noite, a aparição deste puta decote na Sessão da Tarde era a alegria de muita gente! Dizem que a tara de muitos caras por meninas góticas é por causa da Morte do Neil Gaiman. Mentira. MENTIRA DESLAVADA! Você gosta de trevosas até hoje por causa da Elvira, pode admitir! (Ela tá empatada com a Vampira, pois copiou descaradamente o estilo da musa eternizada por uma música dos Misfits… a coitada da Vampira até processou ela. Só mantivemos na lista, pois a cena final dos peitos giratórios é uma obra-prima).


1 – Lola Bunny (“Space Jam”, 1996)


Se um filme onde alienígenas começam a conquista da Terra pela mundo dos Looney Tunes, decidem se vão ficar ou não através de um jogo de basquete e onde o Pernalonga pedir ajuda ao Michael Jordan não é trash, então não sei de mais nada.

Poderá gostar também de: