quarta-feira, 30 de abril de 2014

Fim da lenda dos jogos do E.T. de Atari

A lenda dos cartuchos de Atari enterrados no deserto do Novo México se provou verdadeira neste fim de semana. A escavação foi feita no sábado e o resultado foram centenas de cartuchos de E.T. – O Extraterrestre, o pior jogo já feito, encontrados mais de 30 anos após seu enterro.



Cerca de 200 pessoas compareceram para assistir à descoberta, mas a demora e os ventos fortes do deserto espantaram a maioria, fazendo com que um grupo relativamente pequeno estivesse presente para ver o primeiro cartucho ser desenterrado.

A lenda do enterro dos cartuchos de E.T. data de 1983, quando o The New York Times noticiou que pelo menos uma dezena de caminhões cheios de cartuchos os despejou no deserto do Novo México. O motivo: E.T. é o dono até hoje do título de pior jogo já feito. Do início do desenvolvimento até chegar à prateleiras, foram apressadas seis semanas, esperando aproveitar o estrondoso lançamento do filme para vender.

Não deu certo: as vendas foram um fracasso e o título é apontado como responsável pelo fim da “era Atari” nos consoles.



Apesar de ser uma lenda urbana bem difundida, não havia certezas de que a escavação realmente encontraria os tais cartuchos. “Se não tivéssemos encontrado nada, esse seria o foco do documentário. O que teria sido horrível seria ter encontrado alguma coisa que não fossem os jogos de E.T.“, comentou na ocasião Zakk Penn (o cara da foto acima), diretor do tal documentário que estará disponível na Xbox Live.

A cidade de Alomogordo, à qual pertence o local onde os cartuchos foram encontrados, concordou em ceder 250 deles para a equipe. O resto será vendido – e, dado o valor histórico para colecionadores de games, não espere cifras baixas por cada um.

Com informações: Polygon, Fox News
Poderá gostar também de: